Recorde da casa no Brasileiro de Adestramento; em 8/12 tem final da Copa Sto Amaro

0
548

Dando sequência a uma temporada de sucesso no Adestramento em 2019, os atletas santamarenses fizeram bonito com aumento expressivo do número de participantes na edição deste ano do Campeonato Brasileiro de Adestramento e Taça Brasil, entre 22 e 24/11. A disputa apontou para retomada da modalidade por atletas casa, uma vez que nos últimos dois anos, o CHSA teve apenas um participante e em 2016 no Rio de Janeiro, nenhum. Já em 2019, foram 16 os conjuntos santamarenses com quatro títulos de campeões, um vice e três terceiros lugares. “Participar de um campeonato de alto nível exige muito tempo de preparação física e psicológica. O alto número de participantes indica que nossos atletas investiram em seus conjuntos o ano inteiro”, comemora Carolina Parreira, diretora de Adestramento do CHSA.

Ao todo foram definidos 19 campeões no Campeonato Brasileiro e 5 na Taça Brasil. Destaque para os Troféus: replica do Troféu Perpétuo do GP de Aniversário do CHSA
Isabela Galvão Vieira de Moraes honrou as cores do CHSA no alto do pódio do Brasileiro de Adestramento na categoria Mini-mirim

Além da performance dos atletas, a própria organização e realização do campeonato representaram um grande desafio para o clube. Estiveram 115 conjuntos inscritos vindos de cinco estados: SP, RJ, MG, RS e DF, além da Comissão de Desportos do Exército. Foram dois meses de preparação, num esforço que envolveu a CBH e todas as áreas do clube: jardinagem, manutenção, secretaria, segurança, obras, limpeza e restaurante. “Com a decisão da CBH de subsidiar a estabulagem dos cavalos de fora de São Paulo, sabíamos que o número de participantes seria alto. Tivemos que adequar nossa infraestrutura e treinar nosso pessoal para que tudo corresse da melhor maneira possível”, conta Carolina.

Vencedores da categoria elementar Luiza Dias Ferreira Leite Mendonça e Ivana Feres, amazonas de outras entidades, com as juízas Lindinha Macedo, Claudia Moreira Mesquita, Sandra Smith de Oliveira Martins , a mãe da campeã, e à direita Carolina Chemin, diretora de Adestramento  do CHSA

Uma das boas surpresas do campeonato foi a ótima participação nas categorias de base, com muitas crianças e adolescentes. O apoio a essas categorias foi uma das prioridades da Diretoria de Adestramento desse ano, e o fato de que três dos quatro campeões do clube serem crianças e adolescentes deu um brilho especial aos títulos. Isabela Gomes Galvão Vieira de Morais, com Cantonela, foi campeã categoria mini-mirim. As alunas da Escola do CHSA – Penelope Camacho Hernandez e Isabella Christianini Naccache, ambas montando Ravel – foram campeã e vice na categoria Pônei Escola.

As pequenas grandes campeãs da categoria Pôneis Escola com Paulo Baddini, presidente do conselho do CHSA, e a juiza Sandra Smith de Oliveira Martins, também diretora da CBH

Raquel de Mendonça Mattos com Franco garantiu o título brasileiro na categoria Média 2 Juvenil. A amazona Alessandra Sadek com SS Amante fechou na 4ª colocação da categoria Preliminar Amador. Na Taça Brasil a amazona pan-americana Isabela Renault Travassos com Niger foi campeã na série Preliminar Profissional.

A campeã Raquel Mendonça com Franco

O ginete profissional Vinícius Miranda levou First Lady ao 3º posto na categoria Média I Profissional. Com Eufrates, Vinícius foi 3º colocado na série Média II Profissional.  A amazona pan-americana Sarah Waddell apresentando Jane Esther SVN, égua recém importada de 5 anos, de propriedade do sócio santamarense e criador André Chiodi Elias, venceu na categoria Preliminar Profissional, mas por também ter vencido a Média II com Hillarij, pelo regulamento ficou com o vice-campeonato.

O CHSA parabeniza os campeões e demais classificados santamarenses – clique aqui para conferir fotos de todos os conjuntos. 

Prestigiou o Campeonato Brasileiro no CHSA, Carolina Borja, amazona que compete no Salto, Adestramento e Atrelagem, campeã da série Média II com Ivan Abrão, vice-presidente do CHSA que também deu todo apoio a modalidade na temporada
O Rio de Janeiro prestigiou a competição em peso e, entre outras conquistou, levou os títulos de campeã e vice na categoria elementar Juvenil com Mariana Benedeti Magalhães e Joaquim Pedro Maia Peixoto de Vasconcellos

O evento contou com o apoio de 4Horses&People, Vanessa Quintiliano Jóias, Magnetic Pet, Lucky U, Giorno Casa e Bagno, Natural Horse e Alejandra Fernandez Hipismo RJ.

Flash de confraternização com os campeões por equipes São Paulo, em 1º, Rio Grande do Sul, em 2º, integrantes do comitê organizador, juizese e staff do evento

Final da Copa Santo Amaro de Adestramento

No domingo, 8/12, a temporada da modalidade no CHSA promete fechar com mais bem sucedida festa do adestramento na final da Copa Santo Amaro que será disputada na pista principal Cel Renyldo Guimarães Ferreira. Também em 8/12 acontece o Open de Volteio que visa fomentar a modalidade – veja o programa. 

Os três primeiros colocados de cada categoria na temporada 2019 da Copa Santo Amaro de Adestramento receberão números para sorteio da premiação no final de semana 14 e 15/12 (a definir), junto com a premiação final da Copa Santo Amaro de Salto . Os sócios concorrem (junto com os sócios do Salto) a um ano de estabulagem e a um ano de inscrição gratuita na Copa Santo Amaro de Adestramento 2020. Os não sócios concorrem a um ano de inscrição gratuita.

As inscrições fecham em 5/12. Veja o programa da Final da Copa Santo Amaro 2019.

CHSA com informações Carolina Chemin

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

três × 4 =