Circuito Feminino Future de Tênis agita o CHSA até domingo, 24/3

0
165

Quatro das seis brasileiras que já garantiram lugar na chave principal farão sua estreia nesta terça-feira, 26, no torneio de US$ 40 mil que vale como terceira etapa do Circuito Feminino Future de Tênis. As partidas acontecem nas quadras de saibro do Clube Hípico de Santo Amaro (SP), com entrada gratuita ao público, até domingo, 31/3.

Tenistas feras brasileiras e internacionais a postos no Circuito Feminino Future de Tenis no CHSA

Luíza Fullana e Cecília Costa entram em quadra às 13 horas para enfrentar a escola europeia. Luiza encara a italiana Miriana Tona e Cecília tem missão difícil diante da francesa e cabeça 4 Selena Janicijevic. Logo em seguida, na quadra principal, Ana Candiotto enfrenta outra francesa favorita, a cabeça 8 Amandine Hesse. Na rodada noturna, às 18h30, a canhota gaúcha Gabriela Cé desafia a cipriota Raluca Serban, terceira principal inscrita. Serão realizadas ainda quatro partidas pela chave de duplas.

Também estão no torneio a campineira Carolina Meligeni Alves, campeã da etapa inicial em São João da Boa Vista e semifinalista em Campinas, que estreará na quarta-feira contra a norte-americana Madison Sleg. Já Carolina Bohrer ganhou convite e terá pela frente a ucraniana Valeriya Strakhova, quinta favorita.

A armada brasileira pode ainda crescer com a rodada final do qualificatório. A juvenil de 14 anos Nauhany Silva venceu a norte-americana Jaeda Daniel, por 6/4, 4/6 e 7/6 (7-0), nesta segunda-feira e decidirá a vaga contra a cabeça 1 do quali, Julieta Estable. Já Camilla Bossi ganhou da russa Maria Kononova, 7/6 (7-5) e 6/3, e jogará contra a norte-americana Kylie Mckenzie. Os confrontos estão previstos para as 11h30.

Apesar de a vitória na rodada inicial do quali valer um ponto no ranking, Nauhany precisará pontuar em três torneios ou somar dez pontos para aparecer na lista da WTA. Caso ela consiga furar o qualificatório, ganhará dois pontos, e apenas por entrar em quadra na chave principal já levaria mais um.

Quem estava inscrita para disputar o torneio era a jovem tcheca de 16 anos Brenda
Fruhvirtova, 105ª do ranking, mas ela voltou a sentir lesão nas costas e, após o treinamento desta segunda-feira, preferiu desistir de competir tanto de São Paulo como de Florianópolis.

O Circuito Feminino Future de Tênis é apresentado pelo Itaú através da Lei de Incentivo ao Esporte/Ministério do Esporte. Tem o patrocínio da Mills e a realização é do Instituto Esperança do Amanhã. A competição tem as chancelas da Federação Internacional de Tênis, Confederação Brasileira de Tênis e Federação Paulista de Tênis.

Acompanhe a programação e resultados

Fonte: RP Comunicação Rafael Pignataro

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui