Marcelo Gozzi: destaque Mirim nos 76 anos da SHB

0
477

Em paralelo a série Internacional durante a 1ª semana do Longines Rio Equestrian Festival em comemoração aos 76 anos da Sociedade Hípica Brasileira, no Rio, na série Nacional, também foram disputadas provas de 1.20 e 1.30 metro, abertas a jovens talentos e amadores. Veja a seguir as principais classificações, entre sexta-feira, 14/11, e domingo, 16/11.

 

Destaques em 14/11

Montando Brooklin Z, o carioca Gustavo Padilha foi o mais rápido dos quatro competidores da categoria Amador Top que foram ao desempate da prova de 1.30 metro. O conjunto terminou o percurso reduzido sem faltas no tempo de 38s39 e foi seguido da representante de São Paulo, Manuela Mendes Gonçalves Motta, que apresentou SL Space II e completou a segunda volta com uma fata no penúltimo obstáculo e o excelente tempo de 37s45.

Na categoria Master Top, Isabel Guilhon conduziu Hotelis a uma pista limpa, porém foi penalizada com um ponto por exceder o tempo permitido do percurso inicial. No segundo posto chegou Luciano Blessmann com RNB de Paq, com uma falta. Ambos pelo Rio de Janeiro

Entre os Pré-Juniores, disputa acirrada entre os cariocas Carolina Nehrer e Pedro Backheuser. Pedro foi o primeiro com Q´Pleasure e fez o percurso reduzido contra o relógio sem erros, no ótimo tempo de 38.62. Com o alazão Lietus, Carolina entrou na pista e terminou zerada com inacreditáveis 13 centésimos menos do que seu concorrente e levou a vitória com o magnífico tempo de 38. 49. Em terceiro, outro representante do Rio, com outra ótima atuação: Augusto Figueira e Atlantis II, sem faltas em 40s47.

Na prova de 1.20 metro, por São Paulo, Juarez Andrade foi o mais rápido da prova direta ao cronômetro, montando Kopenhagen. Os segundo e terceiro posto ficou com o Ten Cel Ruy Couto, do CDE, com HFB Revanche e SL Special, respectivamente e em quarto chegou o carioca Carlos Eduardo Correa do Lago, com Rochet de La Veaux.

Na categoria Mirim, o santamarense Marcelo Gozzi, campeão brasileiro mirim 2014, conquistou as duas primeiras posições com Jungle Boy HC e QH Zenzi e em terceiro lugar chegou o carioca Thiago Bento Cabral com Chanel Equiprime.

Marcelo Gozzi em salto perfeito com Jungle Boy; img: Beatriz Cunha
Marcelo Gozzi em salto perfeito com Jungle Boy; img: Beatriz Cunha

 

E, entre os Jovens Cavaleiros, Carolina Madureira de Pinho e Wodessa Z foram as mais rápidas deixando Vitoria Junckes e Miss Merci em segundo e a mesma amazona, desta vez com Noble Cartago, em terceiro.

 

Pódios no sábado, 15/11

O mineiro Sergio Mourão com Ackolyd venceu a prova deste domingo da categoria Amador Top. Ele foi o mais rápido da segunda volta do percurso de 1m30 em duas fases. Com este resultado, também sagrou-se o vencedor da série a vice-campeã foi a paulista Manuela Mendes com SL Space II.

Entre os Pré Juniores, a dupla carioca imbatível, formada por quatro elementos, Pedro Backheuser montando Q´Pleasure e Carolina Nehrer com Lietus, mais uma vez dividiu as duas primeiras posições gerais do campeonato e, neste torneio, Pedro chegou em primeiro e Carol foi a vice-campeã.

Na série Jovem Cavaleiro Top, o campeão foi Rodrigo Roll e Aérea e a vice-campeã foi Julia Latouf com Fape Quibelle.

 

Vencedores no domingo, 16/11

Na série 1. 20 metro, categoria Amador, Raphael Quintas venceu novamente com Pietra RJ e em segundo chegou Luis Carlos Nolasco com Offenback de Fritot, ambos do Rio de Janeiro.

Entre os Mirins, Thales Gabriel Marino ganhou com Bala Doze Climber e em segundo e terceiro lugar chegou Marcelo Gozzi montando Jungle Boy JC e QH Zenzi, todos por São Paulo.

Marcelo em ação QH Zenzi. Com dois primeiros lugares e  dois segundos e um terceiro, Marcelo foi o destaque da categoria Mirim
Marcelo em ação QH Zenzi. Com dois primeiros lugares e dois segundos e um terceiro, Marcelo foi o destaque da categoria Mirim

 

Entre os Jovens Cavaleiros a vencedora foi Victoria Junkes, da Federação Caterinense de Hipismo, montando Noble Cartago e em segundo chegou Rafaella Jeolás com Corialia, pela FEERJ.
O Longines Rio Equestrian Festival teve patrocínio Longines, Hyundai, Artefacto e Intermarine e apoio de Ad Life Style, Taesa, Multiplan, Carioca Engenharia, FEAT, Osklen, Ceratti, Chandon, Light Design, Hyatt, parceria de mídia do SporTV e chancela de Federação Equestre Internacional, Confederação Brasileira de Hipismo, Federação Equestre do Estado do Rio de Janeiro e organização da Sociedade Hípica Brasileira.

 

CHSA com a fonte: CPC Comunicação; fotos: Beatriz Cunha

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

quatro × dois =